THE VELVICKS – Run

A banda The Velvicks disponibilizou hoje, 11, o clipe inédito do single “Run” foi dirigido e produzido, respectivamente, pelas espanholas baseadas nos Estados Unidos, Clara Brotons e Laura Giralt. O lançamento acontece enquanto a banda brasileira, baseada em Nova Iorque, está se preparando para voltar aos palcos americanos amanhã, 12, no anfiteatro do East River Park no Lower East Side, após o fim das restrições de combate à pandemia do novo coronavírus, devido ao avanço significativo da vacinação nos Estados Unidos.

O clipe de “Run” foi gravado em agosto de 2020 em Bushwick parte do Brooklyn onde a banda está sempre presente, seja fazendo shows ou ensaiando ou no Queens Brewery socializando. Dessa vez, a banda chegou sem avisar, para não ter que pedir permissão da prefeitura, e de surpresa montou os instrumentos na rua. “Nossa ideia foi bem guerrilha, nem energia elétrica tínhamos. Chegaríamos, montaríamos os instrumentos e iríamos filmar até a polícia chegar (risos)” conta o vocalista Vick Nader.

“Sabíamos que tínhamos pouquíssimo tempo para captar e que precisaríamos ser certeiros. Escolhemos uma rua que achávamos ser deserta mas não podíamos estar mais enganados. Minutos após a equipe chegar no local, antes mesmo de escolher o cenário, os residentes locais já começaram a sair de suas casas e sentar na calçada. Alguns até com cadeiras e cerveja na mão, mesmo sendo ilegal beber na rua”, Vick relembra.

“Para nossa surpresa fomos incrivelmente bem recebidos. De início mantiveram a distância porém ao longo das horas as pessoas acabaram se aproximando e nos ofereceram bebida, comida, whiskey, cigarro… Vale lembrar que isso era no auge da pandemia em Nova Iorque então a vontade de socializar das pessoas estava à flor da pele”, relata.

“No término das filmagens, o grupo de pessoas que se formou ao nosso redor conectou uma extensão elétrica para ligarmos os amplificadores e um megaphone para o vocal e demandaram uma performance ao vivo antes de finalizar a filmagem. Foi uma surpresa tão legal ver as pessoas locais, as mesmas que temíamos chamar a polícia pra gente, se mobilizando para disponibilizar energia elétrica para tocarmos ao vivo pra elas. No vídeo tem imagens desse “ao vivo” e desse pessoal. Foi inesquecível”, Vick compartilha.

Publicado em 11/06/2021
1 visualizações

A CULTURA UNDERGROUND RESPIRA !