Bruce Dickinson fala sobre experiência com a Covid-19

Vocalista do Iron Maiden testou positivo para a doença no mês passado, já vacinado com as duas doses, e aconselhou que fãs procurem tomar a vacina.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O vocalista Bruce Dickinson, do Iron Maiden, falou sobre sua experiência com a Covid-19. Ele testou positivo para a doença no mês passado, mas felizmente não teve maiores complicações.

“Eu tomei as duas doses da vacina em maio e estava tudo ótimo, então eu peguei a Covid e é um pouco mais do que uma gripe. Eu superei em 10 dias, levei cerca de uma semana depois disso para recuperar meu olfato e começar a me sentir mais normal, obter energia e outras coisas. Mas isso não é apenas uma gripe comum”, disse ele.

“Eu realmente alertaria contra as pessoas que dizem ser apenas uma gripe. Não, não é. Conheci muitas pessoas que não foram vacinadas, não porque não quisessem, mas porque ainda não tinham a idade suficiente. E não conseguiram sair da cama por seis a oito semanas, eles estiveram muito doentes. Não estão no hospital, mas sua vida está uma bagunça”, alertou.

Sobre a vacina, Bruce Dickinson recomendou: “Honestamente, é minha opinião pessoal, não estou forçando ninguém a fazer qualquer coisa, mas eu aconselharia qualquer um a tomar a vacina”, disse a lenda do heavy metal.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A CULTURA UNDERGROUND RESPIRA !