Kelvin Hoefler, do skate, ganha medalha de prata nas Olimpíadas

Skatista de Guarujá/SP conquista a primeira medalha do país nas Olimpíadas de Tóquio.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Em um país que pouco investe em esporte, é claro que a primeira medalha do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio 2020 viria do underground das pistas de skate.

Aos 28 anos, Kelvin Hoefler saiu do Guarujá, litoral paulista, para ganhar a medalha de prata e entrar para a história da modalidade no país.

Filho do policial militar Eneas de Souza, Kelvin já sabia desde os 13 anos que seguiria carreira como atleta profissional de skate. O garoto aprendeu do pai que, para isso, precisava ter disciplina.

Sem infraestrutura para treinar, Kelvin improvisava na calçada da rua onde morava no bairro periférico de Vicente de Carvalho, em Guarujá. Os pais dele aproveitaram a fama internacional do filho medalhista olímpico para pedir desculpas aos vizinhos “pelos barulhos”.

Kelvin é conhecido por ser instrospectivo, discreto, e raramente é visto nos “rolês” dos outros skatistas da seleção brasileira. O atleta também não costuma participar das ações da Confederação Brasileira de Skate. A única exceção é Pâmela Rosa, atleta da seleção, com quem ele construiu grande amizade.

O jovem também se mantém distante das redes sociais. Quem cuida das publicações é sua esposa, Ana Paula.

Agora, Kelvin sai do anonimato do underground, para a história do esporte nacional. Esperamos que a conquista de Kelvin, que é muito mais de Kelvin do que do Brasil, seja motivadora para que outros jovens ingressem no skate, e que o Brasil saiba investir em seus atletas.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A CULTURA UNDERGROUND RESPIRA !