Marilyn Manson é acusado de agressões e abusos por ex-noiva

O cantor está no centro da polêmica mais uma vez. Aos 52 anos, o motivo não é seu trabalho extravagante na música, mas acusações de abusos e agressões - inclusive sexuais.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Ícone do rock, Marilyn Manson está no centro da polêmica mais uma vez. Aos 52 anos, o motivo não é seu trabalho extravagante na música, mas acusações de abusos e agressões – inclusive sexuais – tornadas públicas por ao menos cinco mulheres.

A primeira acusação partiu da atriz Evan Rachel Wood, ex-noiva do cantor. Ela e Manson anunciaram o namoro em 2007, quando ela tinha 19 anos e ele 38. Eles se tornaram noivos em 2010, mas acabaram terminando a relação meses depois. Somente agora Wood afirmou ter criado coragem para denunciar seu agressor. “Eu sofria lavagem cerebral e fui manipulada à submissão. Estou cansada de viver com medo da retaliação, difamação ou de chantagens. Eu estou aqui para expor esse homem perigoso e denunciar às indústrias que o permitem atuar, antes que ele arruíne mais vidas. Eu estou ao lado das muitas vítimas que não vão mais se silenciar”, disse ela em seu Instagram.

Após o post da atriz, outras mulheres demonstraram apoio a Evan e usaram as redes sociais para relatar que passaram por situações semelhantes com o cantor.

Outro depoimento foi da ex-estrela pornô Jenna Jameson, que teve um relacionamento com Manson em 1997. “Nosso relacionamento era estranho. Não saímos muito porque eu terminei depois que ele disse que fantasiava em me queimar viva. Sexualmente, ele gostava de morder e era desconcertante”, disse ela.

A também ex-noiva Rose McGowan se pronunciou sobre o assunto em seu Twitter. Embora ela tenha afirmado que o cantor nunca agiu de tal forma com ela, expressou seu apoio às mulheres que o acusam. “Eu apoio Evan Rachel Wood e outras mulheres corajosas que se pronunciaram. Levam-se anos para se recuperar de um abuso e eu as encorajo nessa jornada de recuperação. Que a verdade seja revelada”, afirmou.

“Estou profundamente triste hoje e enojada. Mas estou principalmente orgulhosa. Orgulhosa de Evan Rachel Wood e das outras mulheres que se pronunciaram contra Marilyn Manson, meu ex.”

Rose McGowan

Marilyn Manson nega as acusações. Em nota oficial, ele afirma que as denúncias são “distorções horríveis da realidade“.

“Obviamente, minha arte e minha vida sempre foram ímãs para polêmica, mas essas recentes afirmações sobre mim são distorções horríveis da realidade. Meus relacionamentos íntimos sempre foram inteiramente consensuais com parceiras que pensam da mesma forma. Independentemente de como – e por que – os outros agora estão optando por representar mal o passado, essa é a verdade”, diz a nota do cantor.

Recentemente, a gravadora Loma Vista Recordings optou por encerrar seu contrato com o cantor e deixar de distribuir seu novo álbum “We Are Chaos”.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A CULTURA UNDERGROUND RESPIRA !